terça-feira, 16 de novembro de 2010

Uma mulher católica, mãe de cinco filhos, foi condenada à morte por enforcamento no Paquistão

Uma mulher católica, mãe de cinco filhos, foi condenada à morte por enforcamento no Paquistão depois de alegadamente ter difamado o profeta Maomé, avança o Telegraph.

Asia Bibi, de 45 anos, nega a acusação de blasfémia e afirmou aos investigadores que está a ser perseguida devido à sua fé num país onde os cristãos são discriminados.

Grupos cristãos de direitos humanos já condenaram o veredicto da justiça paquistanesa e apelaram para que seja revogada a lei que contempla o crime de blasfémia.

A defesa afirmou que vai recorrer da sentença no tribunal de Sheikhupura, perto de Lahore, no Paquistão.

O marido, Ashiq Masih, afirmou que não teve coragem de contar as notícias a dois dos seus cinco filhos.
«Ainda não contei aos meus dois filhos mais novos a decisão do tribunal.
Eles perguntam-me muitas vezes pela mãe mas eu não consegui ainda coragem para lhes dizer que o tribunal condenou a sua mãe a pena capital por um crime que não cometeu.
Asia Bibi está presa desde Junho do ano passado.
In SOL

Sem comentários:

Enviar um comentário