sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Reunião de Catequistas

Alguns dos membros do Grupo de Catequistas

Neste dia 19 de Novembro, teve lugar uma reunião do Grupo de Catequistas desta Paróquia.
Apesar da chuva abundante que se fez sentir, estiveram presentes muitos elementos.

Foram dois os textos que serviram de apoio a esta reunião:
- A Oração do Menino Pobre
- Uma carta para o meu catequista

Os participantes reflectiram e partilharam a mensgem destes textos, relacionando-a com a experiência de catequistas nesta comunidade.
Os textos colheram a adesão dos participantes e todos disseram que os ajudou.
Algumas ideias partilhadas:
- A oração não vive só de fórmulas, é preciso ajudar os catequizandos a rezar a vida e a rezar com a vida.
- "E sou de quem me conquistar." A empatia, o acolhimento, o relacionamento pessoal, a alegria, a persistência, a paciência... são factores imprescindíveis na catequese.
- O educando também tem que ser educado para saber conquistar o adulto, pois é dando que se recebe.
- A família é sempre a família, berço de valores. "O que o berço dá, a tumba o leva." Só que hoje temos que ter em conta a realidade familiar hodierna. Não podemos mais falar de um modelo de família de antigamente...
- Ao movimento centrípeto de há nos, sucede hoje o movimento centrífugo. Há anos, era olhado de soslaio que não ia à Igreja, hoje é olhado de soslaio quem vai...
- É de valorizar sempre a atitude dos pais que pedem à paróquia que os ajude na educação cristã dos filhos.
- Apesar da falta de estruturas físicas, a catequese paroquial tem realizado um belíssimo trabalho, graças ao empenho e dedicação dos catequistas. Esperemos que, com o Centro Paroquial, com outras condições físicas, possamos melhorar e modernizar mais a catequese.
- Os pequenos de hoje não são iguais aos de outros tempos. A falta de capacidade de concentração que revelam, exige aos agentes pastorais novas formas de vivenciar a Mensagem e de a transmitir.
Falou-se depois de outros assuntos: magusto que a Junta de Freguesia amanhã oferecerá aos catequizandos, seus pais e catequistas; férias de Natal; Festa da Catequese em 19 de Março; renúncia quaresmal dos catequizandos; análise de algumas situações da catequese...

2 comentários:

  1. A D. Maria Cândida ressucitou?

    ResponderEliminar
  2. Acreditamos que sim, que ressuscitou, que está nos braços de Deus para sempre.
    Está também presente na nossa amizade, porque o melhor túmulo dos mortos é coração dos vivos.
    Esta foto, já antiga, é ainda uma homenagem a quem serviu a comunidade e já partiu para o Pai. Porque isso foi publicada.

    ResponderEliminar