sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Para uma Comunhão bem feita

O que é necessário para fazer uma Comunhão bem feita?
São três as exigências básicas para se receber dignamente a Sagrada Eucaristia:
• Estar em estado de graça santificante: Não ter na alma pecado grave (mortal)
• Saber a quem se vai receber, na Comunhão: é Jesus nosso alimento
• Guardar o jejum prescrito pela Igreja: Uma hora antes da Comunhão

Como receber a Sagrada Comunhão?
Para receber a Sagrada Comunhão, com todo o respeito que Jesus merece, devemos cuidar de alguns aspectos fundamentais:
• Apresentar-se decentemente vestido, com modéstia, dignidade, elegância e limpeza. Nunca ir comungar de bermudas, calções, blusas decotadas e sem mangas, chinelos etc.. É, antes de tudo, uma questão de respeito e amor para com Jesus.
• Na fila da Comunhão, manter a devida compostura e respeito. Ao chegar na frente do sacerdote que lhe dará a Sagrada Comunhão, fazer uma inclinação do corpo, como sinal de respeito ao Senhor.
• O sacerdote dirá: "O Corpo de Cristo". Responda, em voz alta e clara: "AMÉM". É seu assentimento, sua manifestação de fé na presença real do Senhor na Eucaristia.
• Você poderá comungar de duas maneiras: ou recebendo o Corpo do Senhor diretamente na boca ou poderá estender a mão esquerda aberta, espalmada para cima, com a mão direita embaixo. O sacerdote colocará a Sagrada Comunhão nesta mão e aí, NA FRENTE DO SACERDOTE, você levará a Sagrada Comunhão à própria boca, com a mão direita.

Quais os resultados da Comunhão?
1) crescimento espiritual;
2) perdão dos pecados veniais (já que não se pode receber a Sagrada comunhão em pecado mortal);
3) fortifica a caridade;
4) preserva a alma da morte espiritual;
5) preserva-nos dos pecados mortais futuros;
6) o poder da tentação se debilita;
7) anima-nos a trabalhar (fazer coisas por Cristo e com Cristo).
Porém, "O total de graças que cada indivíduo recebe numa comunhão depende da capacidade que esse indivíduo tenha. Nenhuma alma humana tem capacidade infinita para a graça, ou está em condições de absorver toda a graça que uma comunhão põe à sua disposição."

Frequência das comunhões:
1) Pode-se comungar até mais de uma vez por dia - participando da celebração eucarística completa.
2) Temos obrigação de comungar uma vez por ano pela Páscoa.
3) Devemos comungar com a frequência que nos é possível - o ideal seria diariamente.

Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário