quinta-feira, 4 de julho de 2013

Notícias de toda a parte

--
Prémios não reclamados – Desde o inicio do ano, os portugueses não levantaram 142 mil prémios do Euromilhões, avaliados num total de um milhão de euros, segundo dados da Santa Casa da misericórdia. Este valor é, no entanto, muito inferior ao registado no ano passado. Em 2012 os portugueses não levantaram mais de seis milhões de euros em prémios.

Menores nas prisões – Actualmente, segundo estimativas do UNICEF, há 1 milhão e 100 mil crianças detidas em prisões, muitas delas em condições inferiores aos padrões mínimos internacionais.
Frente a este contexto internacional de justiça juvenil onde os direitos das crianças infractoras são quase sempre violados, a UNICEF promove desde 2009 um programa que se propõe a reintegração social e familiar dos jovens que estão em conflito com a lei.


Gatos e cães – Uma mulher em Espinho pode ter de pagar uma multa de 970 euros por ter dado comida a cães e gatos abandonados. O caso já está a gerar polémica na localidade do Norte, conta o Jornal de Notícias (JN).
Teresa Alves, desempregada, vive com a mãe em Espinho, sendo a reforma desta o único sustento das duas. Mesmo assim, Teresa têm gasto dinheiro a alimentar cinco cães e dois gatos abandonados que apareceram ao pé de casa delas.

 
Nestlé contrata jovensA empresa multinacional suíça ligada ao sector da alimentação – "Nestlé" – pretende recrutar vinte mil jovens na Europa ao longo dos próximos três anos. Esta iniciativa, dirigida a quem tem menos de 30 anos, prevê o recrutamento e formação através de cursos e estágios, anunciou o grupo com sede em Veney. O grupo suíço lançou este desafio aos seus fornecedores.

Portugueses nunca pouparam tantoA poupança das famílias atingiu um novo recorde em Maio. É o que revela o indicador de poupança (APFIPP) da Universidade Católica. Segundo estes dados, a poupança das famílias portuguesas já representa mais de 10% do Produto Interno Bruto (PIB), ou seja, da riqueza produzida no País.

Refugiados Mais de 45,2 milhões de pessoas viviam fora dos seus lares em 2012, a maioria das quais deslocadas devido a conflitos. É o valor mais elevado desde 1994, segundo um relatório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

Corrupção é crime hediondoEm resposta às manifestações das ruas, os senadores brasileiros aprovaram um projecto de lei que transforma a corrupção em crime hediondo.

PiratariaQuase mil marinheiros foram vítimas, em 2012, da pirataria no Golfo da Guiné, com o custo dos bens roubados a estimar-se entre os 26,1 e os 77,7 milhões de euros, segundo fonte da comunidade da África Ocidental.

Sem comentários:

Enviar um comentário