quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Domingo, 26 de Dezembro: Festa da Sagrada Família


-Com Jesus, Maria e José

Ainda no clima do Natal... a liturgia apresenta-nos a FAMÍLIA SAGRADA onde essa criança cresceu e viveu... como exemplo e modelo para todas as famílias...

As leituras bíblicas fornecem indicações práticas para nos ajudar a construir famílias felizes, que sejam espaços de encontro, de partilha, de fraternidade, de amor verdadeiro.

A 1ª Leitura desenvolve e explica o 4o Mandamento.
Apresenta indicações práticas dos filhos para com os pais.
Essa observância é desejada e abençoada por Deus. (Sr 5,2-6.12-14)

A 2ª Leitura mostra o espírito que deve reinar numa família: "Revesti-vos de sincera misericórdia, bondade, mansidão e paciência, suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos mutuamente..." (Cl 3,12-21) . E acrescenta um recado às Esposas... aos Maridos... aos Filhos... e aos Pais...

O Evangelho apresenta-nos a FAMÍLIA SAGRADA, em três momentos da Infância de Jesus:
Belém... Egito... Nazaré... (Mt 2,13-15.19-23). Nessas migrações, JESUS é conduzido por Deus e protegido por seus pais...

+ A FAMÍLIA DE NAZARÉ:
É uma família como qualquer família de ontem, de hoje ou de amanhã, que se defronta com crises, dificuldades e contrariedade, no entanto...

- É uma família unida e solidária.
Nela existe verdadeiro Amor e solidariedade.
Não hesita enfrentar os perigos do deserto e o desconforto do exílio, quando um de seus membros corre riscos.
Os problemas de um são problemas de todos.

- É uma família onde se escuta a Palavra de Deus e onde se aprende a ler os sinais de Deus.
Nessa escuta, consegue soluções para vencer as contrariedades e descobrir caminhos a percorrer, para assegurar a vida e o futuro a seus membros.

José aparece como o homem atento às indicações de Deus, que sabe discernir e acatar a vontade de Deus, que tudo sacrifica em defesa da vida daquele menino, que Deus lhe confiou.

- É uma família que obedece a Deus
Diante das indicações de Deus, não discute nem argumenta.
No cumprimento obediente aos projetos de Deus, esta família assegura um futuro de vida, de tranqüilidade e de paz.
--
+ A Sagrada Família, modelo da família cristã?
Costuma-se dizer que a Sagrada Família é modelo da família cristã, não tanto em seu contexto sociocultural e histórico, tão distante do nosso, mas quanto aos seus valores fundamentais, especialmente o Amor, que lhe deram coesão, significado e missão de salvação nos planos de Deus.

+ A Família é uma instituição em mudança ou já superada?
A família é a célula base da Igreja e da sociedade, mas está a passar por uma transformação profunda...
É uma instituição divina, por isso permanente...
Mas o modo de viver em família pode mudar através dos tempos.

- Na Família do Passado, primava a relação vertical: uma instituição fechada, de cunho patriarcal.
O Pai detinha a autoridade e era responsável pela parte económica; a Mãe atendia aos afazeres domésticos e cuidava dos filhos (numerosos); os filhos submetidos à autoridade paterna.
= Dava-se muito valor à AUTORIDADE...

- Na Família Atual, primam as relações horizontais dentro da família. Dá-se preferência ao DIÁLOGO, à corresponsabilidade, à igualdade, ao companheirismo e à amizade entre marido e esposa, entre pais e filhos.
= Contudo a família sofre hoje muitas influências negativas e muitos fatores de desagregação...

+ Quais os valores básicos e permanentes na família?

- Comunhão inter-pessoal de Amor e de Vida...
O Amor fiel, único, exclusivo, totalizante e para sempre...
Os Filhos não são vistos como propriedade ou bens adquiridos para o egoísmo possessivo de seus pais, mas como vida e prolongamento vital de um amor pessoal, que educa e orienta para a liberdade responsável.
"A família é a fonte da vida e o berço da fé." (João Paulo II)

- Comunidade aberta aos valores do mundo de hoje: a solidariedade, a responsabilidade, a fraternidade, e o compromisso com os direitos humanos...

- Igreja doméstica: Só assim a família cristã testemunhará a fé, a esperança e a caridade.
Uma igreja doméstica que contribui para a santificação do mundo, a partir de dentro, à maneira de fermento.

E a Nossa família, como vai?
(À moda antiga ou atual?)

Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa, aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário