quarta-feira, 24 de março de 2010

Ping-pong

"Estamos a resignar-nos a uma paisagem plana, sem cumes de profetismo, dentro de um cristianismo intimista, sem projecção na sociedade." ( http://www.pime.org.br/mundoemissao/testemunhosromero.htm)

- Um visão do cristianismo estilo ping-pong. Eu e Deus, Deus e eu. Eu chuto para Deus, Deus chuta para mim. Lembrando ainda o menino que chuta a bola contra a parede. Chuta a bola, a parede devolve-a e torna a chutar para a parede a voltar a devolver.
É a visão de uma certa beatice antiga: "Eu cá quero é salvar a minha alminha!..."
É uma visão de gozo na alma: "Eu tenho um gozo na alma/Um gozo na alma e no meu ser" - assim era a letra de uma canção em voga há uns anos atrás.
É a visão do "Amiguinho", muito difundida entre grupos de jovens na actualidade. Eu e o Amiguinho, o Amiguinho e eu...

Um cristianismo em circuito fechado.
Ora tudo o que funciona assim polui ou apodrece.
Que a acontece à agua se fica fechada muito tempo dentro do tanque? Apodrece, cheira mal. A água do tanque só tem força de vida quando está ligada à fonte e ao bueiro.
Que acontece ao quarto de dormir se não se abre a janela ao ar puro?

"Assim como o Pai me enviou, Eu também vos envio a vós" - disse Jesus
Precisamos de nos encher de Deus para depois o levarmos ao mundo, em circuito aberto. Recebemos para dar.
Porque nos salvamos, salvando; recebemos, dando.
"O mundo é o caminho do cristão"
"Pai, não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal" - Jesus Cristo.

Onde está esta força dos cristãos no mundo?
Pensemos nisto. Bastava que as pessoas que foram a Fátima no ano do último referendo sobre o aborto tivessem votado "NÃO", para que a lei do aborto não tivesse sido aprovada.
Onde estão os cristãos na política sem que deixem à porta do partido os valores cristãos?
Onde estão os cristãos nos sindicatos?
Onde estão os cristãos na comunicação social?
Onde estão os cristãos na família, no ambiente de trabalho, no desporto, no divertimento?
Onde estão os cristãos-sal, os cristãos-luz, os cristãos-fermento de que fala o Evangelho?
Onde estão os cristãos na vida da Igreja? Não a transformam muitas vezes num "supermercado de sacramentos" onde só vão quando precisam para baptizar, casar e acompanhar o defunto???
Onde está hoje a garra missionária da Igreja? Ainda somos daqueles que confundimos missionação com proselitismo?

Igreja não são só os Bispos, os padres e o Papa! Igreja são todos os que acreditam em Jesus Cristo e n'ele foram baptizados.
Os leigos também são Igreja! Mais, são a maioria esmagadora na Igreja!
Quem nos torna apóstolos é o Baptismo. Ora todos os que são baptizados, são igualmente enviados.

Enquanto os turcos invadiam o Império Romano do Oriente e ponham em grande perigo a sua sobrevivência, o Imperador e a sua corte discutiam:
- a cor dos olhos de Nossa Senhora
- o sexo dos anjos
- a pureza da água benta: se uma mosca caísse na pia da água benta, seria a mosca que ficava benta ou a água que ficava contaminada?
Resultado? O Império caiu mesmo às mãos dos turcos.
Não será isso que hoje acontece nas nossas comunidades? Enquanto multidões se afastam da Igreja, debandam silenciosamente, os grupos cristãos degladiam-se, atacam-se, afugentam-se.
A igreja só cresce quando se abre ao mundo. Fechada em concha, mingua e deixa de ser irresistível.
Ponhamos os olhos nas primeiras comunidades cristãs. Fortes, coesas, unidas, humildes servidoras da caridade ("Vede como eles se amam"), voltadas para o mundo numa dinâmica apostólica maravilhosa ("Sangue de mártires, semente de cristãos"), levaram a mensagem de Cristo por toda a parte.

Sem comentários:

Enviar um comentário