quarta-feira, 5 de julho de 2017

5º DIA DE NOVENA


SANTA HELENA PEREGRINA DA TERRA SANTA
Em 326, dirigiu-se Helena para a terra de Jesus, onde terá chegado já no ano seguinte. Após informação prévia, contactou com as três grutas místicas que embeveciam a piedade dos primeiros cristãos: a gruta em que nascera o Salvador; aquela em que foi deposto a seguir à Morte; e, por último, a “ gruta dos ensinamentos”, o seu refúgio nocturno, onde se Lhe revelaram os segredos mais sublimes. Levantou, nesses locais, três basílicas:a Anástasis (ou da Ressureição), perto do Calvário, sobre o Santo Sepulcro; a “Natividade” em Belém; e a “Igreja dos discípulos e da Ascensão” no monte em que o Senhor à vista deles Se elevou aos céus.
Foi lá, nessa fase de mística peregrina, que encontrou, como veremos mais tarde, a verdadeira Cruz do Senhor. Três elementos concorreram para o momentoso achamento:
As visões, a leitura da Bíblia e a observação atenta.
Quando, devido ao título - “Jesus Nazareno, Rei dos Judeus” - chegou ao termo a demonstração da verdade e foi reconhecida a Cruz da Salvação, Helena prostrou-se e adorou o seu Rei, conforme nos refere Santo Ambrósio, arcebispo de Milão.
Falecida em Nicomédia pouco depois da visita à Terra Santa pelo ano de 327 ou 328 (há quem aponte ainda o ano de 330!), seus restos mortais foram transportados para Roma, onde se vê ainda hoje no Vaticano o sarcófago de pórfiro que os inclui.
Homilia
O tema de hoje foi a CARIDADE, a maior de todas as virtudes.
Amor à maneira de Jesus Cristo é quer o bem, é entregar-se pelo bem do outro.
O amor que Jesus anunciou e viveu não é aquele que passa nas televisões, nas novelas onde a palavra é repetida até à exaustão. O amor não usa o outro em proveito ou satisfação próprios, nem se reduz a um sentimento.
Amor é uma virtude.  À maneira de Deus que nos ama sem limites.
IDOSOS DA SANTA CASA E DO 'PROJECTO REJUVENESCER TAROUCA' EM SANTA HELENA
Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Tarouca e idosos do 'Projeto Rejuvenescer Tarouca' passaram, na tarde desta quarta-feira por Santa Helena. Num caso como noutro, acompanhados pelo respetivo pessoal de apoio.
Além do passeio, do convívio, do lanche, da música, participaram na Eucaristia na Capela, pelas 17h. O pároco falou-lhes de Santa Helena e apontou-a como referência, mormente nestes dois aspetos:
- Aos 80 anos, Helena parte para a Terra Santa para tentar descobrir a Cruz do Redentor. Em todas as idades podemos ser úteis, realizar algo pelos outros.
- Santa Helena, a crente coerente que fazia da sua intimidade com Jesus a força da sua ação. Os idosos, dignos dos seus cabelos brancos, devem procurar sempre ser um exemplo de fé e de prática cristã para os mais novos.
As pessoas estavam contentes e o ambiente humano foi agradável. Muito contribuiu o trabalho do pessoal de apoio para que os idosos se sentissem bem.
Santa Helena e a sua Serra são um rejuvenescimento de alma.



Sem comentários:

Enviar um comentário