quarta-feira, 26 de junho de 2013

"SOU COMO VOCÊS. SOMOS TODOS IGUAIS", afirma Francisco



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O Papa lembrou ainda que todos devem viver a sua fé com alegria e não com enfado.“Como vivemos o nosso 'ser Igreja'? Somos pedras vivas ou somos, por assim dizer, pedras cansadas, aborrecidas, indiferentes?", questionou.

Não há cristãos de primeira nem de segunda na Igreja, são todos iguais, afirmou o Papa Francisco esta quarta-feira, durant...e a audiência geral desta manhã, no Vaticano.

De improviso, e interrompido por constantes aplausos, Francisco garantiu que nem o Papa é mais importante que o resto dos cristãos. Todos fazem falta.

“Ninguém é inútil na Igreja, todos somos necessários. Ninguém é secundário. ‘Ai, eu sou o mais importante na Igreja’. Não! Todos somos iguais aos olhos de Deus. Todos”, afirmou com veemência perante a plateia.

“Algum de vós pode dizer ‘mas, o senhor Papa não é igual a nós’. Sim, sou como um de vocês, todos somos iguais, somos irmãos”, sublinhou.

Francisco lembrou ainda que todos devem viver a sua fé com alegria e não com enfado.

“Como vivemos o nosso 'ser Igreja'? Somos pedras vivas ou somos, por assim dizer, pedras cansadas, aborrecidas, indiferentes? Não vêem que coisa feia é um cristão cansado, aborrecido, indiferente? É feio, um cristão assim, não interessa! O cristão deve ser vivo, alegre por ser cristão", defendeu.

Esta foi a última audiência pública antes da pausa de Verão. As audiências gerais, que todas as semanas juntam milhares de pessoas na Praça de São Pedro à quarta-feira, vão estar suspensas em Julho e ser retomadas a 7 de Agosto.

O Papa decidiu passar os meses de Verão na Casa de Santa Marta, no Vaticano, onde reside desde a sua eleição. Mas no dia 14 de Julho, domingo, vai presidir à oração do Angelus em Castelgandolfo, a habitual residência de férias dos Papas, mas que este ano não terá essa função.
     Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário