quinta-feira, 2 de agosto de 2012

"Os leigos não manifestaram disponibilidade para assistir os turistas"

---
LEIA AQUI

A reportagem refere-se à diocese de Leiria e tem a ver com o grande número de veraneantes que demandam as praias localizadas naquela diocese nesta época do ano.

Da reportagem ressaltam duas ideias:
- A grande preocupação, esforço e dedicação dos sacerdotes para atender os turistas.
- A indiferença, indisponibilidade e alheamento dos leigos em relação ao acolhimento dos turistas.

MAS NÃO É O BAPTISMO QUE A TODOS TORNA APÓSTOLOS? Por que razão enterram os leigos o seu compromisso baptismal? Quando despertarão para o assumir da beleza e da grandeza do seu baptismo? Só o padre é que é Igreja?
IGREJA É A COMUNIDADE DAQUELES QUE ACREDITAM EM JESUS CRISTO E N'ELE FORAM BAPTIZADOS!

Muitos leigos só procuram a Igreja para casamentos, baptizados, funerais e "papéis". Ah! E se possível tudo feito a seu gosto...

Onde fica a adesão pessoal a Jesus Cristo?
Onde fica a necessidade da formação para o crescimento na fé?
Onde fica o sentido de comunidade, sem a qual não somos Igreja?
Onde fica o apostolado, exigência do baptismo e da confirmação?
Onde fica a caridade que é "a maior de todas as virtudes"?

A Igreja, mormente a Igreja que está em Portugal, tem de criar uma corrente de fundo em ordem à valorização, formação e dinâmica pastoral do seu laicado. Sem isto, andaremos todos entretidos, mas descomprometidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário