terça-feira, 8 de abril de 2014

FAZER O BEM SEM OLHAR A QUEM

Pobreza envergonhada que envergonha toda a sociedade

- O desemprego...
- O fim do subsídios de desemprego
- A dificuldade no acesso ao "ordenado mínimo"
- A falência de empresas
- O endividamento contraído que a pessoa não pode pagar, vindo os bancos penhorar o que mesma pessoa possui
- As baixas pensões dos idosos
- A dificuldade na obtenção de reforma apesar da doença grave
- etc
Levam tanta gente ao desespero, à pobreza grave, à miséria...

Gente que até já viveu bastante bem e que agora, em virtude da crise, passa por momentos aflitivos e tem vergonha de dizer que tem fome!


UMA SAÍDA PARA QUEM VIVE AFLITO NESTA ZONA
O Banco Alimentar está entre nós e pode oferecer uma ajuda solidária a estes cidadãos.
Se está nesta situação ou conhece pessoas que estão, então não fiquemos parados. De lindas e belas palavras está o Natal cheio. É preciso muito mais: a beleza das obras.
No concelho tarouquense, quem gere este programa "Banco Alimentar" é a Santa Casa da Misericórdia de Tarouca.
Consiste numa refeição completa diária e gratuita para a pessoa ou família afectadas.
Basta, para o efeito, dirigir-se à Santa Casa acompanhado de um documento identificativo, como o Bilhete de Identidade.
Todo o processo é confidencial.
A pessoa pode comer na Santa Casa ou levar a refeição para casa.
Se morar longe da cidade de Tarouca, a Santa Casa pode levar-lhe diariamente a refeição.

Sem comentários:

Enviar um comentário