quinta-feira, 24 de março de 2016

QUINTA-FEIRA SANTA 2016 na paróquia de Tarouca

 
MISSA CRISMAL
De manhã, o pároco participou na Sé de Lamego na Missa Crismal a que presidiu o nosso Bispo, D. António Couto.

Toda a eficácia dos Sacramentos deriva do Sacrifício de Cristo (S. C.62), que se renova e continua pela Eucaristia. Por isso a Igreja consagra o Santo Crisma para as unções do Baptismo e da Confirmação e benze os Óleos tradicionalmente chamados dos catecúmenos e dos enfermos, na Missa celebrada pelo Bispo, na igreja catedral, na manhã de Quinta-Feira Santa.
É este um rito próprio do Bispo, como sucessor dos Apóstolos e o primeiro servidor da Igreja local, em volta do qual se reúnem para com ele celebrar a Eucaristia, os Sacerdotes dos diversos lugares e ministérios da Diocese, numa prova de unidade eclesial.
Através dos Santos Óleos, por ele benzidos nesta Missa Crismal e pelos Sacerdotes levados para todos as paróquias, o Bispo «fundamento da unidade da sua Diocese» (L.G.23), estará presente ao Baptismo, à Confirmação, à Unção das Enfermos.
Unidos no único Sacerdócio de Jesus Crista, Bispos e Sacerdotes são, porém, simples instrumentos, «servos do Mistério». Quem, por intermédio deles, age na Igreja é o Espírito de Jesus, o Espírita Santo, como o sublinho toda a liturgia da Missa Crismal.
Renovando, no Missa Crismal, o seu compromisso de serviço à comunidade dos crentes, os Sacerdotes reafirmam o seu desejo de fidelidade ao Espírito Santo, que receberam com a imposição das mãos.
Veja as fotos da Missa Crismal aqui. A homilia do sr. Bispo aqui.


MISSA VESPERTINA DA CEIA DO SENHOR
Pelas 18 horas, iniciou-se na Igreja Paroquial a Missa Vespertina da Ceia do Senhor, com a cerimónia do lava-pés.  Bastantes pessoas participaram, felizmente, na Eucaristia, mascada por quatro ideias fortes: Mandamento Novo do Senhor, instituição do Santíssimo Sacramento da Eucaristia e do sacerdócio ministerial, a Comunidade eclesial, a Igreja, como comunhão de todos os cristãos, onde a Eucaristia se torna realidade. "A Eucaristia realiza-se  na Igreja e a Igreja realiza-se na Eucaristia". (João Paulo II)
 A Seguir à Missa e à desnudação dos altares, o Santíssimo Sacramento foi levado para a Capela da Misericórdia por entre oração e Cânticos. Aqui teve lugar um espaço de oração eucarística aberto a quem quis participar.

Sem comentários:

Enviar um comentário