quarta-feira, 2 de março de 2016

O cristianismo é a melhor defesa contra o extremismo islâmico


O famoso escritor ateu Richard Dawkins atraiu sobre si a ira dos seus correligionários ao declarar que ninguém pode afirmar com plena certeza que Deus não existe. Agora fez outra afirmação polémica ao dizer que vê no cristianismo "a melhor defesa" contra o extremismo islâmico. Esta última afirmação foi feita a partir de uma análise sobre a ascensão do secularismo na Europa e Estados Unidos e também do extremismo islâmico no Oriente Médio e áreas da África."O cristianismo pode realmente ser a nossa melhor defesa contra as formas aberrantes de religião que ameaçam o mundo", disse Dawkins, de acordo com informações do Gospel Herald.
Biólogo evolucionista, Dawkins é considerado o ateu de maior reconhecimento no planeta, e por diversas vezes expressou a sua aversão ao cristianismo e todas as outras religiões.
Mesmo assim, ele reconheceu que na doutrina cristã, ao contrário do islamismo, não existem incentivos ao uso da violência contra quem ignora seus ensinamentos: "Não há cristãos, pelo menos que eu saiba, explodindo edifícios. Não tenho conhecimento de quaisquer ataques suicidas dos cristãos. Não tenho conhecimento de qualquer grande denominação cristã que acredita na pena de morte por apostasia", destacou.
Nesse cenário, Dawkins foi enfático ao afirmar que o cristianismo pode ser "um baluarte contra algo maléfico", e que por isso, tem "sentimentos mistos" a respeito da redução do crescimento da fé cristã na sociedade.
Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário