segunda-feira, 20 de abril de 2015

DEUS TEM SEMPRE RAZÃO: - "NÃO SEPAREM OS HOMENS O QUE DEUS UNIU"!


CUIDADO COM O AMOR!
SALVEM-SE OS CASAIS!
SALVEM-SE AS FAMÍLIAS!
DEUS TEM SEMPRE RAZÃO: - "NÃO SEPAREM OS HOMENS O QUE DEUS UNIU"!


A palavra “amor”, no meio do cansaço do trabalho e dos afazeres diários perde frequentemente força e sentido.
Será então a separação a cura para estes males, como se de uma solução milagrosa se tratasse?


Mas quem é que disse que a vida em geral e a vida familiar tinham de ser sempre um caminho paradisíaco feito só de coisas bons e sempre para melhor ?
Há muitos anos atrás dizia-se que quando se avariava alguma coisa, não se deitava fora, mas reparavam-na. Em Lisboa existia mesmo um “hospital das camisas” onde as golas gastas eram substituídas nas camisas mais antigas que, desta forma, voltavam ao uso, como novas.
Hoje em dia o casamento é algo descartável, tal como um bébé indesejado ou um idoso acamado. Nas telenovelas e nas revistas cor-de rosa é isso que nos ensinam. Quando corre mal, acaba-se e segue-se em frente à procura da felicidade num outro lugar, numa outra relação. Porque o que interessa é as pessoas serem sempre felizes, em cada momento e “sentirem” de forma permanente emoções e sentimentos.
Com a falta de tempo, as pessoas deixam de reflectir e passam a agir apenas por reacções, como de animais irracionais se tratassem.
Desistir e não enfrentar as dificuldades, por maiores que sejam, parece sempre ser a melhor solução, mas a realidade é que a desistência trás consequências mais graves e piores que o próprio problema de origem.
Joaquim Correia Duarte, in facebook

Sem comentários:

Enviar um comentário