quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Braga: Cidade recebe Seminário Maior comum às dioceses da Guarda, Viseu, Lamego e Bragança-Miranda

--

Decreto de implantação do projeto está assinado e a nova estrutura vai acolher cerca de 30 alunos no próximo ano letivo



 Os bispos da Guarda, Viseu, Lamego e Bragança-Miranda assinaram um decreto para a implantação de um Seminário Maior em Braga, na sequência da extinção do Instituto Superior de Teologia de Viseu, que servia as quatro dioceses.
No documento, enviado à Agência ECCLESIA, D. Manuel Felício, D. Ilídio Pinto, D. António Couto e D. Jorge Cordeiro explicam esta medida com a necessidade de “encontrar uma alternativa viável para a formação dos candidatos ao sacerdócio”.
Depois de “obtida a respetiva autorização de D. Jorge Ortiga”, arcebispo de Braga, o seminário interdiocesano vai ser erigido na Rua de Santa Margarida, junto ao polo da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa.
Depois de analisarem diversas hipóteses, como Coimbra ou Porto, os quatro responsáveis católicos avançaram para Braga, que vai realizar obras nas instalações que os seminaristas vão ocupar.
Para assegurar a educação dos cerca de 30 alunos inscritos para o próximo ano, cada diocese vai pagar uma mensalidade, sem mais nenhum encargo.
O Seminário Maior vai ter como reitor, nos próximos três anos, o padre Paulo Figueiró, da Diocese da Guarda, e como formadores os padres José Luís Pombal e Vasco Pedrinho, respetivamente da Diocese de Bragança-Miranda e Lamego.
Para assegurar a direção espiritual dos seminaristas, foi escolhido o padre Nuno Filipe Santos, da Diocese de Viseu.
Depois de garantida a continuidade da formação dos candidatos ao sacerdócio das quatro dioceses, até ao início do novo ano letivo vão ser definidos os estatutos, o regulamento e o projeto educativo do novo Seminário.
In agência ecclesia

ESCLARECENDO
1. Até agora os seminaristas das dioceses de Lamego, Guarda, Viseu,  e Bragança-Miranda  frequentavam Instituto Superior de Teologia de Viseu o qual foi extinto. Recorde-se que os seminaristas de Lamego faziam diariamente o percurso entre o Seminário de Lamego onde viviam e o Instituto Superior de Teologia de Viseu.
2. Com a extinção do Instituto Superior de Teologia de Viseu, as 4 dioceses envolvidas ( Lamego, Guarda, Viseu,  e Bragança-Miranda)   tiveram necessidade de arranjar uma alternativa para a formação dos seus seminaristas.
3. Neste contexto, acaba de nascer o seminário interdiocesano que vai funcionar em Braga, depois de obtida  a autorização do arcebispo daquela arquidiocese.
4. Naturalmente os seminaristas da diocese de Lamego regressam ao Seminário de Lamego aos fins-de-semana. Assim mantêm os laços com a diocese de onde emergem e a que se destinam. Aqui continuam a sua formação e se inserem pastoralmente.
5. A diminuição de seminaristas nas várias dioceses obriga também a procurar novas soluções. Penso que o número de seminaristas desta diocese no ano 2012/2013 seria de 12!!! E  Guarda, Viseu,  e Bragança-Miranda  teriam ainda menos....

Sem comentários:

Enviar um comentário