domingo, 27 de novembro de 2016

Inauguração do Centro Paroquial Santa Helena da Cruz

Bolo confecionado e oferecido por D. Cândida. A ela e seu marido Abílio, os nossos parabéns!
O bolo foi partido no almoço simples que congregou à volta do sr. Bispo as pessoas dos vários grupos da Paróquia. Foi partilhado de tarde pelos presentes.

FESTA,GRATIDÃO, ESPERANÇA
Dia da Comunidade Paroquial:
Eucaristia, Crisma , Bênção do Centro Paroquial, Sessão de Inauguração, Festa da Catequese, Música, Lanche Popular



Celebração dos Sacramentos da Eucaristia e da Confirmação (CRISMA)
 
46 cristãos foram crismados (37 da Paróquia de Tarouca, 5 da de Gouviães e 4 da de Várzea da Serra).
Estiveram bem os crismados, serenos, participantes, alegres. Parabéns a eles, aos  catequistas , a quem lhes ensaiou os cânticos, pais e padrinhos.
O senhor D. Jacinto, Bispo Emérito de Lamego, desafiou-os a serem o rosto jovem da Igreja através de uma ligação forte a Cristo e de um empenho decidido na vida da Igreja, levando como cristão confirmados, o anúncio de Jesus e o seu amor às periferias existenciais.
Os jovens e a comunidade gostaram muito da presença de D. Jacinto pela maneira muito clara e empática como lhes falou. Obrigado senhor Bispo!
D. António Couto, em virtude de uma situação de saúde surgida à última hora, não pôde estar presente. Esperamos a sua visita a qualquer momento.

Procissão e Bênção do Centro Paroquial
 
Apesar dos chuviscos, a procissão realizou-se, porque não são uns pingos que afastam Tarouca dos seus objectivos. Caminhámos da Casa de Deus para os homens em direção à casa dos homens para Deus.
Já no Centro Paroquial precedeu-se à bênção ritual das instalações, perante uma assembleia que lutava o salão maior do Centro Paroquial.

Sessão de Inauguração
Durante a Sessão de Inauguração, conduzida pela D. Almerinda Matias, usaram da palavra o Pároco, o Dr. Rui, em representação do Conselho Económico, o Presidente da Junta, o Presidente da Assembleia Municipal, o Presidente da Câmara e D. Jacinto.
Foi salientado o empenho do Pároco, do Conselho Económico e da Comunidade na construção deste espaço, por todos elogiado.
Foi um momento de gratidão a todos os que colaboraram, Câmara, Junta, pessoas, empresas, grupos, instituições e associações.
A esperança marcou também esta sessão. Há condições para a comunidade cristã e civil poderem crescer, Há que aproveitar.

Festa da Catequese

 




Música e Lanche Popular 
 
 

 

 
Houve um espaço para o convívio e a música. Os Desalinhados e o grupo musical dos Drs Duarte Esteves e Luis Santos garantiram, gratuitamente, boa música e momentos de bom convívio.
Com o belo empenho do Conselho Económico e a generosidade de pessoas e empresas, os presentes puderam saborear um febra no espeto e muita e boa doçaria.
Obrigado a todos.

Nota final:
Pelo que vimos e escutámos as pessoas gostaram do Dia da Comunidade, apreciaram a festa e louvaram vivamente a obra inaugurada.

Sem comentários:

Enviar um comentário