sexta-feira, 21 de março de 2014

DESCIDA À BARBÁRIE PROFUNDA

Lia-se hoje no Correio da Manhã que numa só semana houve duas mortes de pais pelo próprios filhos. Neste país, que é o nosso!!
"Infelizmente casos destes sempre existiram, mas dois numa só semana?! Desculpe, mas talvez seja caso para perguntar o que andam os pais dos dias de hoje a fazer? Sim porque eu já ando um pouco "cansada" de ouvir que a culpa é da sociedade, do meio, do pais.
Onde estarão os pais quando os filhos saem da escola? Acompanham-nos? Falam com eles? Transmite-lhes valores e principalmente responsabilidades? Ou é tudo sim e facilitismos? E na hora de ouvirem um não surgem as "revoltas"?
Pequenas questões que me coloco quase todos os dias.
Vou contar uma pequena história:
-“ Um destes dias um menor foi a tribunal por diversas queixas na escola de seus colegas. Claro que a Juíza não lhe aplicou nenhuma pena, apenas lhe deu uma admoestação. No final de ela falar (juíza), de o advertir para as consequências daquele tipo de actos, ele virou-se para ela e com o dedo no ar disse-lhe:
-mas quem é você para me estar a dizer essas coisas e a repreender-me?”(entre outras coisas que não vou reproduzir aqui)
Pois é….retirem daqui as conclusões que entenderem. Caso isolado? Não sei…mas são cada vez mais."
Arlete Ribeiro, in Facebook

Sem comentários:

Enviar um comentário