sábado, 14 de maio de 2016

Quem é o Espírito Santo?


O Espírito Santo é uma pessoa real que veio habitar nos verdadeiros seguidores de Jesus Cristo depois que Jesus ressuscitou dos mortos e ascendeu ao céu (Atos 2). Jesus disse aos Seus apóstolos:
“E eu pedirei ao Pai, e ele vos dará outro Conselheiro para estar convosco para sempre, o Espírito da verdade. O mundo não pode recebê-lo, porque não o vê nem o conhece. Mas vós conheceis, pois ele vive convosco e estará em vós. Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós.” (Jo 14,16-18)
O Espírito Santo não é uma sombra vaga e etérea, nem uma força impessoal. Ele é uma pessoa igual em todos os sentidos a Deus Pai e a Deus Filho. Ele é considerado a terceira pessoa da Trindade. Jesus disse aos seus apóstolos:
“Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto, ide e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu vos ordenei. E eu estarei sempre convosco, até o fim dos tempos.” (Mateus 28,18-20)
Deus é Pai, Filho e Espírito Santo. E todos os atributos divinos atribuídos ao Pai e ao Filho são igualmente atribuídos ao Espírito Santo. Quando uma pessoa nasce de novo, crendo e recebendo a Jesus Cristo (João 1:12, 13; 3:3-21), Deus habita nessa pessoa por meio do Espírito Santo (1Cor. 3:16). O Espírito Santo tem intelecto (1Cor. 2,11), emoção (Rom 15,30) e vontade (1Cor 12,11).
Um dos papéis principais do Espírito Santo é que Ele testemunha sobre Jesus Cristo (Jo 15,26, 16,14). Ele fala ao coração das pessoas sobre a verdade de Jesus Cristo. O Espírito Santo também age como um mestre dos cristãos. Ele revela aos cristãos a vontade e a verdade de Deus. Jesus disse aos seus discípulos:
“Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e  fará lembrar tudo o que eu vos disse.” (João 14,26)
“Mas quando o Espírito da verdade vier, ele vos guiará para a verdade total. Não falará de si mesmo; falará apenas do que ouvir, e vos anunciará o que está por vir.” (Jo16,13)
O Espírito Santo foi dado para viver dentro daqueles que crêem em Jesus, para fazer com que o caráter de Deus seja produzido na vida do cristão. Já que não podemos fazer o que é certo por nós mesmos, o Espírito Santo produzirá em nossas vidas amor, alegria, paz, paciência, bondade, benignidade, fidelidade, mansidão e domínio próprio (Gal5,22, 23). Ao invés de tentarmos ser amáveis, pacientes, bondosos, Deus nos chama a depender d'Ele para produzir essas qualidades na nossa vida. Assim, os cristãos são chamados a andar no Espírito (Gal 5,25) e ser cheios do Espírito (Ef 5,18). E o Espírito Santo capacita os cristãos para realizarem os deveres ministeriais que promovem crescimento espiritual entre os cristãos (Rom 12, 1; Cor12, Ef 4).
O Espírito Santo também realiza uma função para os não cristãos. Ele convence o coração das pessoas sobre a verdade de Deus, mostrando quão pecadores nós somos – necessitados do perdão de Deus; e quão justo Jesus é – Ele morreu em nosso lugar, por nossos pecados; e sobre o julgamento final de Deus, que julgará o mundo e aqueles que não O conheceram (Jo 16,8-11). O Espírito Santo atua em nossos corações e mentes, chamando-nos  para nos arrependermos e nos voltarmos para Deus, para recebermos perdão e uma nova vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário