sábado, 9 de novembro de 2013

GASPTA



Pelas 20.30 horas do dia 8 de novembro, o GASPTA (Grupo de Ação Sócio-Caritativa da Paróquia de S. Pedro de Tarouca) reuniu na sua sala.
Na reunião, fez-se o balança da feira e da quermesse do GASPTA por altura do S. Miguel, tendo tudo corrido bem, mormente a feirinha.
Falou-se da necessidade de alargar o grupo, até porque um ou outro membros estão doentes. Não se falou de substituição, mas de complementaridade, para melhor servir. Foram traçadas algumas linhas de rumo que orientarão, neste campo, a ação do GASPTA.
Solicitou-se que cada membro, quando levasse à sala pessoas interessadas na roupa aí existente, velasse para que o vestuário ficasse devidamente acondicionado, já que deu muito trabalho pôr as coisas arrumadas.
Falou-se ainda de uma ação, iniciativa da Junta, que visa dar mais vida ao Natal em Tarouca através da exposição de um presépio de grandes dimensões e do concurso dado por diversos grupos. O GASPTA será um deles. Uma das salas da antiga escola primária acolherá o presépio e nas outras salas os diversos grupos oferecerão serviços diferentes ao visitantes, mormente nos fins-de-semana natalícios.  Dar vida a Tarouca, congregar pessoas, oferecer momentos agradáveis e fraternos de convívio, são alguns dos objetivos desta ação.
Analisaram-se situações de carência existentes na paróquia e  procurou-se a melhor maneira de as ultrapassar.
O GASPTA sabe que a sua missão - nem sempre fácil! - é o terreno, estando atento às várias pobrezas, especialmente a chamada pobreza envergonhada que, em virtude da crise, atinge pessoas que se julgavam, e as julgávamos, bem longe de carências.
O GASPTA sabe que o bem não faz barulho e o barulho não faz bem, por isso é sua missão atuar de forma discreta para não expor quem precisa de ajuda. "Que não saiba a mão esquerda o que faz a direita", ensinou Jesus.
Porque estamos na altura das castanhas, os elementos do GASPTA levaram castanhas, bolos e bebidas para um momento de confraternização, visando sempre consolidar e  fortificar o grupo.
O encontro terminou com um momento de oração.

Sem comentários:

Enviar um comentário