terça-feira, 22 de março de 2011

A pecadora arrependida

--
22 Março (3ª feira) - (Lucas 7, 36-50)

Que fantástica a proposta de amor de Jesus e a sua ruptura com a moral-das-comadres. Ele diz-nos que não são os nossos pecados, a suposta falta deles ou o bom cumprimento dos preceitos que nos traz a Salvação. Será que não somos “fariseus,”premiando as “aparências” e o cumprimento formal das regras em detrimento da possibilidade de amar e receber os “pecadores”? São as nossas comunidades como vãos de escada onde vizinhas abelhudas criticam a vida de cada um, ou estamos de coração aberto dispostos a acolher quem chega?

Senhor que foste humilhado. Ajuda-nos a não fazer coro com aqueles que escarnecem quem sofre e quem é frágil. Ajuda-nos a reconhecer o teu rosto em quem é humilhado e marginalizado. Ajuda-nos a não desanimar quando nos ridi-cularizam porque obedecemos à Tua vontade. Carregaste a cruz, ajuda-nos a ter forças para superar as provas desta vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário