domingo, 4 de novembro de 2012

Reunião do Conselho Pastoral Paroquial

No dia 3 de Novembro, reuniu no Centro Paroquial o Conselho Pastoral da Paróquia de São Pedro de Tarouca. Lida e aprovada a ata da reunião anterior, os conselheiros refletiram sobre o último ano pastoral, analisaram o projeto de plano pastoral de 2012/2013 e pronunciaram-se sobre outras questões pastorais.
1. Aspetos positivos:
Da reflexão sobre o ano pastoral 2011/2012, este Conselho salientou:
- as festas da catequese correram lindamente e os catequistas foram inexcedíveis;
- a peregrinação das crianças a Fátima decorreu bem, com comportamento digno por parte das crianças
- a festa da catequese realizada no Auditório sobre a Paixão de Cristo foi um momento belo, quer pela mensagem transmitida, quer pela postura e desempenho dos catequizandos;
- a ação realizada pelos crismandos no Centro Paroquial sobre a leitura da Bíblia foi um momento de alegre empenho dos jovens e quem participou gostou;
- foi saudada a realização das procissões da Semana Santa que foram do agrado da população e que envolveram o trabalho e a dedicação de muita gente a quem é devido reconhecimento por parte da comunidade;
- a novena de Santa Helena mereceu uma palavra de aplaudo pela forma como foi dinamizada. Além de momentos de reflexão tocante, de oração profunda, existiram espaços de formação e de cultura, muito do agrado dos participantes. Como é costume foi muito elogiada a ação do Pe. José Fernando, pregador da novena;
- o Centro Paroquial foi tido em conta e apreciado muito positivamente pois proporciona estruturas e condições físicas para que crianças, jovens e adultos possam crescer na fé e cultivar relações de proximidade;
- a procissão de Nossa Senhora de Fátima continua a mobilizar e a empenhar muita gente;
- há serviços que não dão nas vistas mas são de uma importância fundamental para a dinâmica pastoral da paróquia no que toca à vivência da fé e ao acolhimento dos irmãos. Foram referidos o grupo de ministros extraordinários da Comunhão, o GASPTA, o serviço de arranjo e cuidado dos vários templos da Paróquia, entre outros;
- Grande parte das homilias propiciaram oportunidades para as pessoas refletirem sobre si próprias, ajudando-as a crescer pessoal e comunitariamente;
- já que o Homem é o caminho da Igreja, foram ressaltadas todas as ações que tiraram a Igreja para fora das igrejas (o GASPTA na feira de São Miguel, as festas das crianças, procissões, etc);
- foi apreciada a disponibilidade, trabalho, descrição de todos os grupos da Paróquia no desenvolvimento do plano pastoral.
- participação alegre e empenhada de jovens da paróquia na Jornada Diocesana da Juventude e em outras atividades;
- a presença entre nós do Adriano é importante para o crescimento da vida cristã da comunidade. O Conselho Pastoral aplaude a sua presença e solicita à comunidade o melhor acolhimento e adesão.

2. Aspetos a rever:
- não foram cumpridas duas ações indicadas no anterior plano pastoral, relacionadas com a família. Tal ficou-se a dever à impossibilidade pessoal e profissional dos responsáveis pelas referidas ações, que continuam a merecer interesse, dadas as mutantes relações familiares (dificuldades na relação do casal e nas relações país – filhos);
- os jovens deveriam ter sido convidados a participar na festa da catequese;
- embora se compreenda o motivo pelo qual as procissões da Semana Santa tenham demorado tanto tempo até serem realizadas, espera-se que esta secular tradição aconteça regularmente;
- nalguns povos, a frequência da Missa da semana deixa muito a desejar e, nem sempre, a explicação é a falte de tempo. Falta de Fé?
- há muita gente que ainda não compreendeu, ou não quer compreender, a necessidade da Eucaristia dominical, privando-se assim da experiência da comunhão comunitária e do apoio espiritual para a sua vida.
- o jornal Sopé da Montanha passa por uma situação económica difícil (não pagamento de assinaturas, pessoas que deixam de o assinar, falta de novos assinantes…). A venda a avulso a partir de Dezembro passará a ser de 1 Euro e terá de ser feito um esforço para que o jornal chegue aos assinantes antes de ser posto à venda. Pede-se à comunidade um redobrado esforço no sentido de assinar, pagar e divulgar o jornal desta paróquia.
- solicita-se à comunidade paroquial um maior empenho no acolhimento, acompanhamento e preocupação pelos jovens. Eles são uma força viva para o rosto jovem da Igreja que somos. Os jovens precisam da Igreja e a Igreja precisa dos jovens.

3. Aprovação do Plano Pastoral 2012/2013
Após demorada análise do projeto do plano pastoral, em que os elementos deste Conselho Pastoral deram o seu ponto de vista, as suas propostas e os seus contributos, o Plano Pastoral paroquial foi votado unanimemente. Será ele o guia de ação para toda a comunidade.
O Plano Pastoral aprovado é publicado neste número do Sopé da Montanha para conhecimento de todos.
Dada a Visita Pastoral à Paróquia, pode acontecer que tenham de surgir algumas modificações.

4. Outros assuntos:
- os presentes acordaram na realização de eleições, na próxima Quaresma, para o Conselho Pastoral. Nessa altura, cada povo e cada grupo elegerá o seu representante para o referido Conselho que tomará posse em Outubro próximo. Até lá mentem-se em vigência o atual Conselho.
- durante o presente ano pastoral, realizar-se-á a Visita Pastoral do Sr. Bispo ao Arciprestado de Tarouca e, por consequência, a esta Paróquia de São Pedro de Tarouca. As datas e a programação da Visita dependem da aprovação do Sr. Bispo. Entretanto, este Conselho sugeriu algumas indicações a apresentar à consideração do Prelado.
- a Escola da Fé, que terá lugar uma vez por mês, iniciar-se-á em 30 de Novembro. É uma escola de educação na Fé destinada a jovens e adultos. Este Conselho espera a maior adesão dos membros desta comunidade paroquial.
- o Adriano, que será ordenado Diácono no próximo dia 25 de Novembro (Dia da Igreja Diocesana), agradeceu o acolhimento e o empenho apostólico dos grupos da paróquia e disponibilizou-se para colaborar com todos.

Sem comentários:

Enviar um comentário