domingo, 11 de novembro de 2012

O que diz a Doutrina social da Igreja sobre o trabalho e o desemprego?

--
O trabalho é uma tarefa confiada por Deus ao ser humano. Nós devemos, num esforço comum, guardar e continuar a Sua obre criadora: «O Senhor Deus tomou o ser humano e colocou-o no jardim dom Éden, para o cultivar e guardar (Gn 2,15). Para a maioria das pessoas, o trabalho é a base da sua vida. O desemprego é uma grande desgraça que deve ser resolutamente combatida.

Enquanto hoje muitos desejariam trabalhar, mas não encontram emprego, existem pessoas tão viciadas no trabalho que, de tanto fazer, não têm tempo para Deus e para os outros. E enquanto muitas pessoas quase não conseguem obter alimento para si e para as suas famílias, outras há que ganham tanto que podem ter uma vida de luxo inimaginável. O trabalho não é um fim em si mesmo, mas deve servir a realização de uma sociedade humana digna. A Doutrina Social da Igreja empenha-se, portanto, por uma ordem económica em que todas as pessoas interajam ativamente e possam participar na criação do bem-estar. Ela luta por salários justos, que possibilitem a todos uma existência humana digna, e exorta os ricos às virtudes da moderação e da partilha solidária.
YOUCAT, 444

Sem comentários:

Enviar um comentário