segunda-feira, 19 de novembro de 2012

O Adriano vai ser ordenado Diácono


O Adriano vai ser ordenado Diácono, no proximo domingo, dia 25 de Novembro, que é o Dia da Igreja Diocesana.
Por isso esta semana está em retiro. Acompanhemo-lo com a nossa oração.
Depois, no domingo, pelas 16 horas, estejamos com ele na Sé de Lamego, no momento da sua ordenação diaconal. Exprimiremos assim a nossa amizade e o nosso sentido de Igreja, dando graças a Deus pelo dom da vocação sacerdotal que leva um jovem a consegrar-se, feliz, a Deus e ao serviço dos irmãos.

Catecismo da Igreja Católica sobre os Diáconos
§1569 No grau inferior da hierarquia encontram-se os diáconos. São-lhes impostas as mãos "não para o sacerdócio, mas para o serviço". Para a ordenação ao diaconado, só o Bispo impõe as mãos, significando assim que O diácono está especialmente ligado ao Bispo nas tarefas de sua "diaconia".
 
§1588 Quanto aos diáconos, "a graça sacramental concede-lhes a força necessária para servir o povo de Deus na 'diaconia' da liturgia, da palavra e da caridade, em comunhão com o Bispo e seu presbitério".
--
§1570 Os diáconos participam de modo especial na missão e graça de Cristo. São marcados pelo sacramento da Ordem com um sinal ("caráter") que ninguém poder apagar e que os configura a Cristo, que se fez "diácono", isto é, servidor de todos. Cabe aos diáconos, entre outros serviços, assistir o Bispo e os padres na celebração dos divinos mistérios, sobre tudo a Eucaristia, distribuir a Comunhão, assistir ao Matrimónio e abençoá-lo, proclamar o Evangelho e pregar, presidir o funerais e consagrar-se aos diversos serviços da caridade.
--
§1554 "O ministério eclesiástico, divinamente instituído, é exercido em diversas ordens pelos que desde a antigüidade são chamados bispos, presbíteros e diáconos." A doutrina católica, expressa na liturgia, no magistério e na prática constante da Igreja, reconhece que existem dois graus de participação ministerial no sacerdócio de Cristo: o episcopado e o presbiterado. O diaconado se destina a ajudá-los e a servi-los. Por isso, o termo "sacerdos' designa, na prática atual, os bispos e os sacerdotes, mas não os diáconos. Não obstante, ensina a doutrina católica que os graus de participação sacerdotal (episcopado e presbiterado) e o de serviço (diaconado) são conferidos por um ato sacramental chamado "ordenação", isto e, pelo sacramento da Ordem.

1 comentário:

  1. Amigo Adriano, no dia da sua ordenação a Diácono, não podrei estar presente por motivos de saúde, mas estarei prtesente em coraçaõ, resando neste Ano da Fé, para que a sua Fé seja cada vêz mais constane, e que seja e para sempre um bom e grande Discipulo de Jesus,Cristo transmitindo a todos nós Fieis o testemunho do Evangelho de Jesus Cristo nosso. salvador.

    ResponderEliminar