segunda-feira, 19 de março de 2012

Eu sou Jesus que falo a cada um, individualmente.


Para me agradares não precisas de ter grande instrução, basta que me ames muito. Fala-Me com simplicidade como se estivesses com o amigo mais íntimo


Queres pedir-Me alguma coisa para alguém? 

Diz-Me o seu nome e o que desejas que Eu faça por ele. Pede muito! Não hesites em pedir. Fala-Me também com simplicidade e sinceridade dos pobres que queres consolar, dos doentes que vês sofrer, dos transviados que desejas ver regressar ao bom caminho. Diz-me ao menos uma palavra por cada um.
E para ti próprio não precisas de nada? 

Diz-me francamente como te sentes. Talvez orgulhoso, egoísta, inconstante, negligente.., depois, pede-me que venha em tua ajuda nos pequenos ou grandes esforços que fazes para te libertares. Não tenhas vergonha! No céu há muitos justos, muitos santos que tiveram os mesmos defeitos. Mas eles suplicaram humildemente.., e, pouco a pouco, foram vencendo as suas fraquezas. E não hesites em pedir pela saúde e pelo bom êxito nos trabalhos, nos projectos, nos estudos. Tenho poder para te conceder tudo isso. Desejo que me peças por essa intenção, se ela não for contrária à tua santificação, antes a favorecer e a aumentar. E, hoje mesmo, de que tens necessidade? Que posso fazer por ti? Se soubesses como desejo ardentemente ajudar-te!
Tens algum projecto? 

Revela-Mo. O que é que te preocupa? Que pensas? Que posso fazer pelo teu irmão, pela tua irmã, pelos teus amigos, pela tua família, pelos teus superiores? Que gostarias de fazer por eles? E pelo que Me diz respeito não é teu desejo que eu seja glorificado? Não quererás fazer alguma coisa pelos teus amigos a quem tu queres muito, talvez vivam sem pensar em Mim? Diz-Me o que é que hoje te chama particularmente a atenção? Qual é o teu mais ardente desejo? Que meios tens para o realizar? Se um projecto não chega a bom termo, fala- Me a esse respeito; dir-te-ei as razões do fracasso. Não quererás fazer-Me participar no teu projecto?
Ó Jesus, meu  Mestre, que sois o caminho, a verdade e a vida, permiti que eu aprenda a suprema ciência da Vossa caridade.
Enviai o Vosso Espírito para que me ensine e inspire o que ensinastes com o beneplácito do Pai.

Sem comentários:

Enviar um comentário