quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

ÀS VEZES, O MELHOR É (mesmo) O SILÊNCIO

Um dia, um santo disse a um dos seus religiosos:
— «Vai ao cemitério e insulta os mortos».
O religioso obedeceu. Ao voltar, o santo perguntou-lhe:
— «Que responderam?»
— «Nada».
— «Pois bem, volta e faz-lhes grandes elogios».
O religioso obedeceu novamente.
— «Que disseram desta vez?»
— «Nada também».
Replica o santo:
— «Quanto te insultarem ou quanto te louvarem, faz como os mortos».
Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário