quinta-feira, 12 de abril de 2012

Sem ressurreição é vã a nossa fé

---
Razão tem S. Paulo (I Coríntios 15:13-14): «Se não há ressurreição dos mortos, então nem mesmo Cristo ressuscitou; e, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, como também é vã a vossa fé».

Há uns anos atrás, dois dos mais preeminentes ateus, Gilberto West e Lord Littleton, aproveitavam tudo para troçar dos que acreditavam na ressurreição. Eles estavam convencidos de que Cristo estava morto e tudo o que os cristãos diziam sobre a Sua ressurreição não passava de propaganda falsa.

Por fim, decidiram estudar a fundo tudo o que se referia a essa "falsidade". Para isso – diziam – tinham de estudar profundamente duas coisas: a invenção da ressurreição e a conversão de S. Paulo.
Gilberto West propôs-se destruir a doutrina da ressurreição de Cristo. E Lord Littleton estudaria o porquê da vida de S. Paulo. E os dois puseram mãos à obra.
Passados uns tempos, reuniram-se conforme combinado, para ver os resultados de sua obra.
Lord Littleton, iniciou o assunto dizendo a West:
– A que conclusões chegou, amigo?
– Oh, – respondeu West – tenho algo maravilhoso para lhe contar. Quando comecei a estudar a ressurreição de Cristo, tratando de deixar salva a minha reputação, tive que procurar argumentos contra e a favor do assunto. O resultado foi que não encontrei qualquer razão para duvidar da falta de sanidade mental daqueles que se entregaram totalmente a pregar que tinham visto e comido com Cristo ressuscitado. E de tal modo estavam convencidos, que conseguiram converter à nova fé multidões imensas, quando tudo lhes era adverso.
Disse Lord Littleton:
– Ainda bem, West. As minhas conclusões também não são muito diferentes. Quando comecei a estudar a vida de Paulo, para desmascará-la, não consegui encontrar explicação para a sua mudança radical. Ele ia prender cristãos para, sob ameaça de morte, os obrigar a deixar a sua nova fé e afinal é ele que ouve uma voz e vê uma luz vindas do céu que mudam completamente a sua vida. Explicação humana para isto não a consigo encontrar!...
E estes dois homens concordaram que os seus estudos os convenceram de que a vida dos apóstolos de Jesus não tem explicação convincente sem a ressurreição de Cristo.

E, convertidos, tomaram-se dois dos mais notáveis cristãos. Escreveram duas lindas apologias da religião cristã, das melhores que se têm escrito.
In O Amigo do Povo

Sem comentários:

Enviar um comentário