segunda-feira, 30 de abril de 2012

Papa esclarece tradução litúrgica da fórmula de consagração na Missa

--
Padres devem dizer que sangue de Cristo foi derramado «por muitos» em vez de «por todos»

Bento XVI enviou uma mensagem aos bispos católicos da Alemanha, determinando que a expressão latina ‘pro multis’ seja traduzida como "por muitos" em todas as traduções da oração eucarística, proferida na celebração da missa.
A expressão aparece quando o sacerdote consagra o vinho, dizendo “será derramado por vós e por muitos para a remissão dos pecados”.
Segundo o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, a missiva do Papa foi escrita na residência de Castel Gandolfo, arredores de Roma, depois da Páscoa.
No editorial para o semanário de informação do Centro Televisivo Vaticano, ‘Octava dies’, este responsável adianta que, segundo Bento XVI, “a tradução ‘por muitos’, mais fiel ao texto bíblico, deve ser preferida a ‘por todos’, que pretendia tornar mais explícita a universalidade da salvação trazida por Cristo”.
“Para o Papa as palavras da instituição da Eucaristia são absolutamente fundamentais, trata-se do coração da vida da Igreja”, acrescenta o padre Lombardi.
O texto original do Missal Romano apresenta o texto ‘qui pro vobis et pro multis effundetur in remissionem peccatorum’: a expressão ‘pro multis’ tem sido traduzida como "por todos" em várias línguas.
in ecclesia

Sem comentários:

Enviar um comentário