domingo, 15 de abril de 2012

"Felizes os que acreditam sem ter visto…"

Tomé, um dos Doze, chamado Dídimo,
não estava com eles quando veio Jesus.
Disseram-lhe os outros discípulos:
«Vimos o Senhor».
Mas ele respondeu-lhes:
«Se não vir nas suas mãos o sinal dos cravos,
se não meter o dedo no lugar dos cravos e a mão no seu lado,
não acreditarei».
Oito dias depois,
estavam os discípulos outra vez em casa,
e Tomé com eles.
Veio Jesus, estando as portas fechadas,
apresentou-Se no meio deles e disse:
«A paz esteja convosco».
Depois disse a Tomé:
«Põe aqui o teu dedo e vê as minhas mãos;
aproxima a tua mão e mete-a no meu lado;
e não sejas incrédulo, mas crente».
Tomé respondeu-Lhe:
«Meu Senhor e meu Deus!»
Disse-lhe Jesus:
«Porque Me viste acreditaste:
felizes os que acreditam sem terem visto».
(Evangelho de São João)


TOMÉ incrédulo na promessa de Cristo e na palavra dos colegas é protótipodos que não valorizam o testemunho comunitário e exemplo dos que querem ser cristão sem Igreja.

Como se chega à fé em Cristo Ressuscitado?
A Comunidade é  o lugar natural  onde se manifesta  e irradia o amor de Jesus.  
Longe da Comunidade, Tomé não acreditou na palavra de Jesus, nem dos colegas.
Sua fé se reacendeu, quando no "Dia do Senhor" voltou à Comunidade e fez um belo ato de fé: "Meu Deus e meu Senhor".
 E Cristo acrescentou: "Felizes os que acreditam sem ter visto…"

Sem comentários:

Enviar um comentário