quarta-feira, 31 de outubro de 2012

A liberdade, dom do Amor de Deus

--
Muitas das nossas  dúvidas e inquietações são justas. Todos ficamos perplexos perante a presente degradação do mundo. E os mais atentos perguntam pelo paradeiro de Deus e questionam o sentido e o valor da fé. Queria dizer-vos que Deus é amor. Todas as suas obras o manifestam. Até a crueldade do homem mostra o grande amor de Deus pelos homens. O homem pode ser cruel porque é livre. Pode usar a sua liberdade para se opor a Deus e preferir o mal, contudo, fazendo uso dessa mesma liberdade pode fazer coisas maravilhosas e belas, pode alcançar a felicidade. Deus não se impôs. Ofereceu ao homem a capacidade de decidir sobre o seu destino, e isto é amor. Que mérito teria o homem pelo bem que realizasse se não pudesse optar pelo mal?
Deus propôs-nos um caminho, o caminho da fé. Este caminho inicia-se quando optamos por Deus e aderimos livremente ao seu amor deixando que a nossa vida se transforme.
Adriano Filipe

Sem comentários:

Enviar um comentário