domingo, 7 de outubro de 2012

Venho para caminhar convosco na fé

Sou o Adriano, sou natural de Vila Nova de Foz Côa, tenho 24 anos e conclui a minha formação no Seminário de Lamego. No presente ano realizarei o meu estágio pastoral na Paróquia de São Pedro de Tarouca. Venho para fazer convosco uma caminhada de fé e de crescimeto. Venho para aprender com a comunidade, a quem ofereço o meu serviço na alegria da fé. A todos ofereço a minha amizade e de todos espero acolhimento e testemunho cristão.


O Dom da Vocação

O Evangelista São Marcos oferece-nos no seu Evangelho o relato do chamamento dos Doze Apóstolos de Jesus. Segundo o texto, «Jesus subiu a um monte, chamou os que Ele quis, e foram com Ele. Estabeleceu Doze para estarem com Ele e para os enviar a pregar» (Mc 3, 13 – 14).
Este acontecimento não ficou perdido num passado remoto. Em todos os tempos, e também hoje, o Senhor Jesus sobe ao monte e chama os que quer. O Seminário é este monte de Jesus, o monte ao qual o Senhor sobe para chamar.
 Devemos recordar que na tradição da Sagrada Escritura o monte é o lugar do silêncio, da ascensão interior, é o lugar que nos distancia da vida comum e dos afazeres de todos os dias, é o lugar da Aliança selada no Sinai e no Gólgota, é o lugar da oração de Jesus. No monte o Filho dialoga com o Pai e, deste diálogo amoroso, brota a vocação dos discípulos. A vocação, portanto, é sempre iniciativa de Jesus que chama os que quer para tomarem parte da intimidade do Seu diálogo como Pai.
Mas a que foram chamados estes homens? Qual a vontade concreta de Jesus a respeito deles? O Texto de São Marcos dá-nos a resposta: o Senhor chamou-os «para estarem com Ele e para os enviar a pregar». À primeira vista parecem objetivos contraditórios. Jesus quer que os discípulos que chamou permaneçam a seu lado e, ao mesmo tempo, quer enviá-los a pregar. O que inicialmente parece ser uma contradição constitui, na verdade, uma unidade fundamental. Só quem está junto de Jesus pode ser enviado. Só quem O conhece, quem experimentou uma longa convivência com Ele é que pode leva-Lo aos demais. «Estar com Ele» é o componente primeiro e essencial da vocação sacerdotal. 
 Optar por esta vocação é dispor-se a subir o monte com Jesus, no monte fazer a experiência do amor de Deus, e descer do monte para dar testemunho desse amor ao serviço dos homens como ministros do Evangelho
 Tarouca é a terra de um monte, o monte de Santa Helena. Este ano da fé, que passarei na vossa companhia, será uma maravilhosa oportunidade para subi-lo com a alegria e esperança de quem sobe até Deus. E por que para Deus sobe-se descendo, desejo dispor-me ao serviço de todos e junto de Vós testemunhar a gratuidade do amor de Deus.
Adriano Assis

Sem comentários:

Enviar um comentário