domingo, 27 de maio de 2012

Com estes jovens "não há gato", pois soltam as asas...



O senhor Vigário Geral da Diocese de Lamego, Mons. Dr. Joaquim Rebelo, deslocou-se a Tarouca neste domingo para crismar 23 jovens.
Pelo que senti, pelo que ouvi e pelo que referiu o senhor Vigário Geral, tudo correu bem, felizmente.
Os jovens portaram-se à maneira. Estiveram muito bem. Serenos, participativos, felizes.
Na homilia, Mons. Joaquim Rebelo falou-lhes, a partir das leituras do Domingo de Pentecostes, do Espírito Santo, Dom de Deus, que sustenta o nosso "permanecer" em Cristo, do compromisso dos crismados na vida da comunidade eclesial. Indicou-lhes o caminho da fidelidade em relação aos compromissos assumidos.
Os jovens animaram com os cânticos a assembleia, com o apoio de um grupo instrumental;  proclamam as leituras; participaram no cortejo de oferandas.

No fim da Eucaristia, o pároco, no seguimento das palavras do senhor Vigário Geral deixou-lhes um desafio: participem! No coral, no grupo de jovens, no acolitado, no grupo sócio-caritativo, no anúncio sem meda da fé através da internet, etc. Sois demasiado importantes para serdes pombas com asas de chumbo e não tendes vocação de morcego.
Terminada a celebração, os crismados ofereceram ao senhor Vigário Geral uma pequena oferta como sinal de gratidão pela sua presença. Igualmente agradeceram aos seus catequistas César e Jerusa, à Laida e a outros educadores.
Seguiu-se a entrega do diploma.

Um obrigado sincero aos seus catequitas - todos os que com eles trabalharam ao longo dos anos. Parabéns aos pais, pois muito pouco a catequese pode fazer sem o empenho continuado da família.
Obrigado à Laida, organista e outros instrumentistas, pelo contributo indispensável à preparação e realização desta festa jovem.
A todos os que de uma forma ou de outra deram a sua ajuda, os nossos parabéns.
Muito obrigado, senhor Vigário Geral. Pela presença tão humana e edificante, pela palavra clara que dirigiu, pelo incentivo, por nos fazer sentir Igreja. Bem-haja pela amizade, pela partilha, pela compreensão.

Sem comentários:

Enviar um comentário