sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Com o GASPTA e o Conselho Económico

--
Na semana passada, participei numa reunião do GASPTA.
O Grupo Sócio-Caritativo desta comunidade tarouquense planeou algumas acções a levar a efeito durante o ano, tendo em conta a recolha de fundos para apoiar depois quem mais precisa. Analisou ainda algumas situações onde a sua intervenção possa ser útil e distribuiu algumas tarefas pelos seus membros.
Esta gente desempenha uma acção admirável, até porque não dá nas vistas. Faz lembrar o sal. Não se vê na comida, mas sente-se o seu efeito. Quanto tempo gasto e quantas preocupações! Um espírito de serviço recatado, mas sempre presente.

Hoje reuni com o Conselho Económico. Claro que o Centro Paroquial focou a nossa atenção. Mas outros assuntos foram estudados, decididos ou projectados.
Parabéns aos conselheiros pela presença, partilha, empenho e decisão.
O Centro Paroquial, urgência máxima, exige concentração, decisão e criatividade. Senti mais uma vez que este Concelho está empenhadíssimo e que tudo fará em prol da obra.

Sem comentários:

Enviar um comentário