terça-feira, 20 de dezembro de 2016

O meu presente.

O Natal está chegar. Estamos a menos de uma semana. Há quatro semanas que vivemos em esperançosa preparação do nascimento de Filho de Deus, o menino Deus que se fez Deus connosco.
Deus fez-se presente na vida humanidade! Deus faz-se presente na vida humanidade! Deus quer fazer-se presente na vida humanidade!
Esse é o maior presente que podemos dar a alguém: fazer-nos presente! Presente em todos os momentos, todos os dias, sempre que se justificar e for possível.
Natal é sempre que o homem quiser, fazer-se presente junto daqueles que são esquecidos, abandonados, ignorados, que se vêem violentados e forçados a abandonar os seus lares, as suas casas, as suas terras, os seus países e partem seguindo a estrela da esperança em busca de um presépio que os acolha. “Sempre que o fizeste a qualquer pessoa, sem esperar nada em troca, a mim mesmo o fizeste”, afirmou Jesus aos seus discípulos.
Natal é ser presente. Natal é a alegria dos pastores. Natal é o abraço, os apertos de mão, os beijos e sorrisos que são trocados em família, entre amigos, entre colegas de trabalho, entre desconhecidos, com aqueles de quem nos fazemos presente. Natal é fazer o Deus menino presente nas nossas vidas.
Natal é ser gratidão. Natal é ser gratidão dos Magos. Natal é a gratidão de poder partilhar a coisa mais insignificante - estou aqui, posso escutar-te - ou o presente mais extraordinário - estou aqui! O que podes fazer por mim? O que posso fazer por ti? Sim! Sim, Natal é ser luz e acolher em nós a luz do irmão.
Natal é tudo isto e muito mais. Natal é tornar todos os dias a presença do Deus menino nas nossas vidas. Natal é quando já não és tu que vives, mas o Deus menino que vive em ti.
Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário