sábado, 11 de junho de 2011

Correu bem a Peregrinação das Crianças a Fátima




Mais uma vez fomos à Peregrinação Nacional das Crianças a Fátima. Como é costume, também este ano foi o 6º ano que representou a catequese paroquial e  lá esteve entre as milhares de crianças de todo o país. Acompanharam os pequenos vários catequistas e o estagiário Amadeu.
Tudo correu bem e todos regressaram satisfeitos.
Parabéns aos catequizandos e seus solícitos acompanhantes.
Obrigado à Junta de Freguesia de Tarouca pelo autocarro que gentilmente custeou.

3 comentários:

  1. Então desta vez o presidente da câmara não disponibilizou o autocarro? Está ressabiado com o resultado das eleições?.Foi preciso o senhor presidente da junta custear o transporte!...O senhor padre Carlos que tantas vezes diz que de joelhos só diante de Deus, não só anda de joelhos diante dos politicos como até parece rastejar. Não tinha a igreja possibilidades de pagar bo autocarro?

    ResponderEliminar
  2. Se é verdade que o Presidente não quis disponibilizar o autocarro é deveras lamentável, mas nada que possa surpreender quem o conhece. Se a junta custeou o autocarro, os pais das crianças e a paróquia só têm que agradecer, como aliás o Sr.Padre já o fez neste blog. Só não percebo porquê meter o Padre Carlos no meio disto, numa altura em que a igreja está envolvida na contrução do Centro Paroquial ninguém entenderia que o pagasse o autocarro. As pessoas devem dar os seus comentários e e transmitir as suas opiniões, mas também devem ser justas.

    ResponderEliminar
  3. Não costumo ligar muito a cometários feitos por anónimos, mas desta vez "Sr.ou Sra.anónimo" não posso aclar a minha indignação. Quando no daia oito, quarta feira, fui informada por uma Sra.funcionária da C.M. que não tinha acesso ao autocarro fiquei desesperada uma vez que estava na vespera de partir com as nosas crianças para Fátima. Então eu, responsável pela catequese, juntamente com outras catequiastas fomos farlar com o Sr.Presidente da Junta a expôr a nossa situação. Fomos atendidas simpaticamente, aliás como era de esperar, e após apresentarmos o nosso problema foi-nos dito que resolveria o nosso problema. Es+peramos um pouco e saímos com a certaza de que no dia seguinte nos esperava um autocarro para o transporte das nossas crinças. Depois do problema resolvido achei que devia, e muito bem, pôr o caso ao Sr.Padre mas já com a certeza da situação resolvida. Para o caso do Sr.ou Sra. anónima não saber, o Sr Padre tem á frente da Igreja uma comissão formada por gentes da nossa paróquia que são eles que dispo~em do dinheiro. Não foi preciso dinheiro da igreja, mas se fôsse o caso tenho a certeza que a comissão nos ajudaria.É bom que comecemos a tomar responsabilidade naquilo que escrevemos para que não sejam ditos tantos disparates Estou de facto de acordo com o que o Sr.ouSra. anónima diz, de joelhos só diante de Deus e sabe para quê? Para agradecer as pessoas boas que temos, as nossas crianças que são do melhor e o nosso Pároco que tanats vexes é ofendido sem razão.Aproveito para agradecer ao Sr. Presidente da junta, ao Sr.Gabriel motorista que nos acompanhou, pela sua gentileza e disponibilidade, ao nosso seminarista Amadeu e a todas as cetequistas. Correu tudo bem e é o que interessa. Também quero agradecer aos Pais das crianças que prontamente se disponibilizaram a ajudar a custear as despesa do autocarro.A todos muito obrigada. A si Sr.ou Sra. anónima muito obrigada também, mas ceite um conselho "antes de escrever seja o que fôr ponha a verdade acima de tudo" e por favor assine . Muito obrigada a todos. A responsável pela catequese Alda Fernandes.

    ResponderEliminar