sábado, 17 de junho de 2017

Paróquia de São Pedro de Tarouca na Peregrinação Diocesana a Fátima

Foto de João António Pinheiro Teixeira.

Um grupo de pessoas da comunidade cristã tarouquense marcou presença hoje na Peregrinação Diocesana a Fátima, tendo presidido o nosso Bispo, D. António Couto.
Saliente-se, desde logo, a participação do grupo desta Paróquia. Coeso, solidário, pontual, presente.
Foi uma peregrinação, não uma excursão ou passeio. Assim houve tempo para a oração, para a reflexão, para a conversa, para a alegria.
Para este grupo fantástico os mais sinceros parabéns!
A parte em que menos pessoas participaram - não só do nosso grupo, mas de todos os grupos -  foi na Via Sacra. Compreende-se. Para as pessoas idosas era mesmo difícil, sobretudo atendendo ao percurso e ao calor imenso e intenso.
Apesar de uma ou outra falha organizativa, sempre inevitáveis numa organização deste tipo, envolvendo tanta gente e tendo em conta os espaços disponíveis e os horários  que regem a vida do Santuário, a Peregrinação correu bem. O calor arrasador que se fez sentir ainda valorizou mais a participação das pessoas.
Vale a pena fazer a Via Sacra pelo trajeto que vai da Rotunda Sul até ao Calvário Húngaro. Não é difícil, está bem condicionado e tem estruturas sanitárias necessárias. É preciso escolher bem: nem chuva, nem muito calor, evitando os tempos com maior movimentação. Por isso penso que as melhores horas são de manhã cedo ou à noite.
Aos jovens e adultos que se desloquem a Fátima recomendo vivamente a Via Sacra por este trajeto.
Já viram aquela belíssima Via Sacra, que os nossos jovens apresentaram na Igreja em Sexta-Feira Santa, ser realizada neste percurso à noite!? Seria divinal.

Sem comentários:

Enviar um comentário